Endodontia

O tratamento endodôntico, conhecido popularmente por “tratamento de canal”, consiste na remoção do tecido mole que se encontra na parte mais interna do dente (câmara e canal), que recebe o nome de polpa. A polpa pode estar sadia ou infectada e, quando removida, é substituída por um material obturador. Esse tratamento ocorre quando existe uma inflamação decorrente de um processo carioso ou outro tipo de agressão tecidual.

É importante que outros procedimentos de reconstituição do dente, como restauração, coroas, incrustações, tratamento gengival, etc. sejam realizados corretamente. Caso o paciente opte por não realizar o tratamento, poderá se desenvolver uma lesão na região apical do dente (infecção na raiz e nos tecidos vizinhos), que poderá ter consequências mais sérias, como dor intensa, inchaço, febre e bacteremia (bactérias na corrente sanguínea). A única solução a partir daí poderá ser a extração do dente.